Post Top Ad

melhor só do que meio feliz



Eu nunca tive medo do amor. Assim como nunca tive medo de ficar sozinha.
A maioria das pessoas tem um ou outro. Às vezes os dois. E assim o mundo gira. As pessoas levam sua vida num marasmo tediante, ora feliz/ora triste/ora indiferente. O tanto faz predomina. Eu sou intensa demais pra isso. Sempre fui. 
Eu acredito que não vale a pena lutar para permanecer com alguém com quem preciso fingir estar feliz para não infelicitar outrem. 
Isso seria felicidade? Ter alguém ao seu lado? Mesmo quando não é alguém que seu instinto escolheu?
Os antropólogos dizem que temos que mergulhar fundo no desconhecido para entender nosso próprio mundo. Eu acredito no mesmo, quando se trata de pessoas. Quanto mais fundo você se permite conhecer alguém, mais você se conhece. Obviamente que isso tem consequências. Sua felicidade aumenta, sua tristeza se amplia, raiva, dor, diversão, prazer, amor...tudo muito mais intenso. É um risco? Obvio que sim. Existe outra forma de viver além dessa? Até existe, mas considero uma vida de covardes e me recuso a considerá-la. 

Eu havia conhecido alguém. Alguém que prendeu minha atenção. Alguém que me frustrou por não ter sentido o mesmo. Não adiantava eu acreditar em  magia, se a outra pessoa não faz questão de  acreditar. Isso nunca iria funcionar. Por que nós deixamos a única coisa que não temos afetar tudo aquilo que temos? Por que?

Então, inicialmente, eu escolhi seguir com outrem. Com alguém realmente interessado em mim. Alguém que estaria disposto a ficar comigo. Existia em mim uma batalha entre aquilo que acredito e aquilo que eu acredito/acreditei sentir.

Mas a realidade é: isso me fez esquecer da outra pessoa? Claro que não. Isso me deixou feliz? Também não. Então, já que isso não me fez feliz, eu escolhi ser sincera com essa pessoa e dar Adeus a ela. Ela não me faz feliz, eu também não a faria feliz em hipótese alguma. 
Melhor só do que fingindo, não é algo assim o ditado? 

Ah, além disso, eu fico feliz em informar que eu me pergunto menos sobre a pessoa que despertou meu interesse a cada dia. E a cada noite. 

E assim a vida segue. Como diria a rainha da filosofia moderna, Carrie Bradsahw: " Quando pessoas reais caem, elas logo se levantam e continuam a caminhada." A única coisa a se fazer é respirar fundo e começar de novo.




Um comentário:

  1. o melhor texto que i hoje <3 arrasou! As pessoas sempre seguem vivendo o mesmo e infeliz, por medo de tentar o novo..

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Instagram @blogbrunaconstantino