Post Top Ad

[resenha] Uma noite com Audrey Hepburn



Seguilovers, o post de hoje é resenha!

E dessa vez é sobre um livro que eu queria ler a tempos! Uma noite com Audrey Hepburn.

Vocês sabem do meu amor por Audrey. Por muitos anos o blog chamou-se Bonequinha de Luxo em homenagem a ela e a tudo que ela representa: Classe, requinte, glamour, delicadeza, feminilidade...

E eu simplesmente adoro chick-lits! Esse, particularmente, era recomendado para quem gosta das obras da Sophie Kinsella. Bom, tem quem ame mais Sophie Kinsella, a criadora de Becky Bloom, do que eu, que me considero a própria versão live action da Becky?

Bom, desde o inicio, pareceu-me que eu deveria ler esse livro!
Além de tudo, eu amo o senso de humor inglês. Meus chick-lits favoritos todos envolvem protagonistas britânicas amalucadas.
E que leitura maravilhosa foi Uma noite com Audrey Hepburn!
No prólogo, conhecemos Libby em sua infância, sua família e de forma inusitada, aqueles que viriam a serem seus amigos e depois, caímos de pára-quedas em sua vida adulta e em sua sôfrega carreira de atriz. Em seguida nos deslumbramos com o maravilhoso ator Dillon O'hara, o cara mais sexy do planeta e que todas querem conquistas e morremos de rir com as situações malucas em que a personagem se mete e de amores com Olly, o melhor amigo fofo de Libby.

Confesso que Lucy Holliday me surpreendeu. Eu tinha certeza que havia matado a charada sobre o enredo do livro nos primeiros cinco minutos de leitura, parecia tão clichê! Mas não, ela conseguiu me surpreender com o desenrolar dos fatos e principalmente, com o final do primeiro livro.

Eu, sendo fã de carteirinha de Audrey Hepburn, me imaginei no lugar de Libby, vendo Audrey Hepburn em pessoa e tendo conversas aleatórias e malucas com a mesma, e, apesar de considerar os surtos emocionais da personagem, descontados na pobre Audrey, muito exagerados, confesso que senti meu coração ficar morno e até amolecido com a "despedida" de Audrey para Libby. (também quero um Manhattan!)

O fato de Libby dar uma guinada surpreendente na vida, com a ajuda e empurrõezinhos de sua mais nova "amiga" e acabar recebendo um convite memorável para um encontro com o astro de Hollywood que todas cobiçam fez com que eu me apegasse mais ainda a história. É isso aí, Libby! Mostre a eles como uma garota pode surpreender! Haha Afinal, que garota nunca sonhou em viver seu momento Cinderela, não é? (Libby, só você me entende! <3).

Mas confesso que ainda quero ver ela "acordar" no próximo livro e perceber que o grande amor já estava ali ao lado dela a muito tempo.. espero que ela veja isso a tempo!

No fim do livro, já recebemos uma provinha do próximo, onde Libby conhecerá, ninguém mais e ninguém menos do que Marilyn Monroe! Não sei se me sentirei tão mexida como no primeiro, já que a Audrey sempre será a dona do meu coração, mas Marilyn é épica, única e maravilhosa e mal posso esperar pela leitura, pois tenho certeza que será muito divertido!

Lucy Holliday me cativou como leitora, arrancou várias risadas minhas, me ensinou coisas sobre Audrey que eu ainda não sabia e de quebra ainda me deixou nostálgica!

Nota 5/5.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Instagram @blogbrunaconstantino