Post Top Ad

review - Piratas do caribe: A vingança de Salazar



Piratas do Caribe: A vingança de Salazar nos traz a promessa de trazer de volta os protagonistas do primeiro filme da saga: Elizabeth e Will Turner. Consequentemente, somos apresentados e deixados com Henry Turner, filho deles.

Henry(Não curti) está em busca do Tridente de Poseidon para quebrar a maldição do navio Holandês Voador já que Will está preso a ele, como vimos em Piratas do Caribe: No Fim do Mundo e para isso, pra variar, ele precisará de Jack Sparrow.

No filme somos apresentados primeiramente a Carina Smith (Kaya Scodelario, que atuou muito bem por sinal), uma jovem independente e inteligente que também está em busca do artefato, já que ela possui o diário de Galileu Galilei que contém pistas de como encontrar o Tridente.



Protagonistas apresentados? Ok. Agora vamos ao vilão.

Jack, pra variar, está sendo procurado por um inimigo do passado que voltou a vida e quer vingança.
Então, assim conhecemos Salazar (achei a motivação do vilão fraquinha, apesar da boa atuação de Javier Bardem e dos ótimos efeitos especiais), o capitão de uma tripulação de fantasmas amaldiçoados há muitos anos por culpa de Jack Sparrow que os levou a morte. 



Assim, todos perseguem Jack, enquanto esse arruma um navio e parte atrás do Tridente com o casal protagonista, Carina e Henry. Depois, como já é de se esperar, temos cenas de ação malucas, divertidas e Jack Sparrow sendo Jack Sparrow. 


O clima é bem nostálgico trazendo de volta todos os personagens que iniciaram o ciclo, incluindo, é claro, Barbossa (com um desfecho interessante e melodramático) e sua tripulação.

p.s: Temos uma pequena cena Will e Elizabeth no final. Foi fofinho!

Há cena pós-créditos no filme, mas a pergunta que fica é: será que vai rolar mesmo mais um filme da saga? 

E ai? Quem assistiu também? O que achou? 

até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Instagram @blogbrunaconstantino