Post Top Ad

[ORIGINAL X REMAKE] Ben-Hur

Oi, pessoal!
Aproveitando a semana de São João? Espero que sim haha
Então, a resenha da vez será um pouco diferente. Não vais er apenas sobre um filme. Eu irei comparar dois filmes, duas versões de uma mesma história, a obra original e o remake.
Remake significa refilmagem em inglês e, como o nome diz, é um filme cuja histporia já foi contada, podendo ou não seguir a obra enterior. Temos vários exemplos na tv: Rebelde, Ti ti ti, Ciranda de Pedra, A Grande Família... No cinema temos Os Infiltrados (o original é chinês), Sete Homens e Um Destino (o original é 1960),  Onze Homens e Um Segredo, entre outros.
É um desses remakes que vou resenhar e comparar com a versão anterior.
Falarei de Ben-hur, tanto o filme de 1959 quanto o de 2016.

Resultado de imagem para ben hur

Na verdade, o próprio filme de 1959 é um remake haha A versão anterior a essa é de 1925.
Então, ambas as versões contam a história do mercador judeu Judah Ben-hur (Charlton Heston em 1959 e Jack Huston e, 2016), injustamente condenado a escravidão por seu amigo de infância Messala (Stehpen Boyd em 1959, Toby Kebbel em 2016). Depois de naos, ele retorna em busca de vingança.
Os dois filmes são bem parecido, quero dizer: Judah e Messala são muito amigos antes do incidente, Messala é um grande soldado romano, fiel ao imperador. Mas é aí que começa a divergência deles: enquanto Judah é a favor da liberdade de seu povo, Messala segue ordens para acabar com as revoltas.
Não posso contar mais, não quero dar spoiler haha
Então, os dois são parecidos por retratarem a mesma história, mas a maneira de que foi retratada fez diferença. O filme de 2016 não foi tão bem recebido. Eu não achei ruim, até gostei, mas não dá mesmo pra comparar com o de 1959. O  Ben-hur anterior foi ganhador de O-N-Z-E oscars! ONZE! Apenas Titanic e O Senhor O Retorno do Rei tiveram essa proeza!
Enfim, ainda que o de 2016 não seja tão bom mesmo tendo Morgam Freeman e Rodrigo Santoro no elenco, digo que vale a pena ser assistido, até pra podermos compará-los. Foi o que fiz pra fazer essa resenha, é claro. É sempre bom assistirmos antes de termos opinião, apesar de que, em geral, remake não são tão bem recebido.

Bem, espero que tenham gostado e que curtam ambos os filmes!
Até

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Instagram @blogbrunaconstantino