Post Top Ad

julho 31, 2017

[review] Em ritmo de fuga (Baby Driver)

by , in

O aguardado filme com Ansel Elgort (Nosso eterno Gus de 'A culpa é das estrelas') finalmente estreou e eu fui conferir o filme para fazer essa tão ansiada review para vocês. 

Fiquei curiosa para ver o filme após ver o trailer, apesar de notar o foco dos holofotes em Ansel desde lá, mas com sua vinda ao Brasil e as fãs em furor, assistir ao filme tornou-se inevitável, já que só falo bem ou mal do que conheço.

No filme, Baby (Ansel) é um motorista de fuga de uma quadrilha de assaltos a banco. Fodástico ao volante, toda sua atuação sobre rodas é cronometrada e ao ritmo das músicas que saem dos fones de seu ipod. Por ter um zumbido no ouvido, não faz nada sem estar portando fones de ouvido conectados a alguma fonte de som e a um bom par de óculos de sol. (Graças a Deus, pois isso lhe dá um charme a mais necessário para a versão de Ansel bad guy colar. Ele tem cara de bom moço, gente. Não tem jeito).

Descobrimos que ele tem alguma dívida a pagar com Doc,  um mafioso lider da quadrilha que anda assaltando bancos em Atlanta, e por isso dirige as fugas dos assaltos do bando. Vemos também que Baby perdeu os pais em um acidente automobilistico em sua infância e que agora cuida de Joseph, um idoso com surdez, que Baby tem como figura paterna. Sua vida segue assim até ele conhecer Débora, uma garçonete que trabalha na mesma lanchonete onde sua falecida mãe trabalhava.

O fato de toda a ação sobre rodas ser sincronizada com as batidas das músicas que Baby ouve é a melhor parte do filme.
Contudo, considerei a história nebulosa. Estou até agora sem saber porque Baby cuidava de Joseph, o que diabos ele devia para Doc e o ápice da história? Estou procurando até agora. O filme é bom, mas é morno, não tem aquele momento de explosão, não existe aquele boom na história que eu tanto fiquei esperando.
Outra coisa que me incomodou é que Ansel está em cena o tempo todo e eu senti como se só ele importasse. O resto dos personagens fazem quase uma figuração para a história de Baby e eu sou uma pessoa que adora enredo, contextos, personagens. Senti que essa monopolização das câmeras no protagonista foi um pouco demais pra mim. Os verdadeiros astros do filme são Baby, os fones do ipod e as rodas do carro, o resto não importa muito.

Quando você pesquisa um pouco sobre o filme, se surpreende ao saber que a trilha sonora brinca com você no filme, já que Baby Driver é o nome de uma canção presente no filme, assim como B-A-B-Y, palavra que o personagem tanto soletra na história.

Outro fato bacana é que apenas 5% das cenas do filme tem efeitos especiais e o próprio Ansel gravou várias das cenas de ação, fugindo daquele padrão Hollywoodiano atual de gravar tudo com chroma key

O final? foi bem clichê e na minha opinião, poderia ter terminado 5 minutos antes, com uma pegada bem On the road, sem local definido e apenas com a longa estrada como fundo e a fita cassete rodando no som do carro.

Mas de forma geral,  se você procura um filme leve, com pegada retrô e boas músicas, Em ritmo de fuga irá te agradar bastante.


julho 29, 2017

DayDreamCon 2017 - confira o que rolou

by , in
Galerinha, rolou mais um super evento realizado pela empresa Daydream eventos e é claro que eu fui participar e conferir tudo de pertinho! 



Dessa vez sentei na primeira fila para conhecer os lindos Alfonso Herrera e Ed Westwick! Sou fã deles desde a minha infância, gente! 

Acompanho o poncho desde a época de RBD e o Ed é o sex symbol da minha vida desde Gossip Girl. Eu não sei se vocês sabem, mas, eu aprendi muito de moda com Gossip Girl (os livros). As melhores referências ao consumo do mundo estão lá. Então, pra mim e pro blog foi tão tão importante conhecer nosso querido Chuck Bass! <3

O evento começou com um painel do Ed, OMG! Depois houveram as atividades (fotos, autógrafos, meet and greets) e depois houve ainda um painel DUO entre o Ed e o Poncho. Por fim, teve um painel solo do Poncho todo em espanhol. Foi mágico, gente! 












ainda de quebra conheci a namorada do Ed, a linda e carismática modelo Jessica Michaels.




teve cosplayers por lá também! Olhem que lindas as meninas @nevdani e @barbiercolucci. Mia, Roberta... Bom, vamos dizer que tive meu momento de Lupita! Hahah












Aproveitei para encontrar a linda da minha colunista Talita Facco por lá também!



Olha que lindo esse espaço do hotel transamérica, gente! Lindo né? <3





julho 25, 2017

Look do dia: Vivendo abaixo de zero! Minha experiência patinando no gelo e entrando no Ice Club do Catuai

by , in
 Está rolando no Catuaí atrações de inverno!
Eu fui conferir todas e agora vou mostrar tudinho pra vocês!

Tem um Ice Club, que é um bar feito todo de gelo, paredes, chão, cadeiras, copos, absolutamente tudo! Num ambiente congelante de -15°c. Legal né?
E eles ainda te emprestam um traje especial para você entrar e ficar quentinho por lá.
E ah, você ganha também uma bebida! Pode ser um chocolate quente ou vodka. Vai da sua escolha.









Fui conferir também a pista de patinação no gelo que está rolando por lá!
Foi muito divertido tentar aprender a patinar, galera. Os instrutores são muito atenciosos e gentis e mesmo que você caia, eu te garanto que não dói. É gelo, afinal!




A pista de patinação fica por lá até dia 06/08. Não deixem de experimentar também!

Beijão

julho 21, 2017

[review] Charada - Assistindo Clássicos

by , in
Oi seguilovers!

Como vão vocês? Hoje eu não acordei me sentindo muito bem. Me mediquei e acabei tendo um dia bem sonolento. Aproveitei o climinha frio para ficar em casa e ver um filme, já que não tinha condições de sair naquele estado.



A tempos eu desejo assistir o filme Charada. Sou apaixonada por Audrey Hepburn. Ela era tão graciosa e requintada! Então quero ver todos os filmes dela antes de morrer.
Então hoje eu escolhi assistir ao filme Charada, um filme de suspense, completamente diferente de outros filmes em que Hepburn participou.
Apesar de não ser considerado um thriler, o suspense é leve no filme, Charada te prende e te surpreende a todo instante. Há investigação criminal, intrigas, romance e uma dose maravilhosa de humor.

O filme é cativante e viciante, a declaração amorosa feita nele é famosíssima no cinema e icônica e Audrey continua linda, cativante e super fashion.

Ah, o desfecho? É incrível! Você não pode morrer sem ver Charada! Acredite.

beijão
julho 19, 2017

[review] Homem-Aranha: de volta ao lar + Cosplay do dia: Mary Jane Watson

by , in
E finalmente eu vim liberar aqui a review de Homem-Aranha: de volta ao lar.

Ambientado depois dos fatos ocorridos em Capitão América: Guerra Civil, homem-aranha nos traz novamente Tom Holland como Peter Parker, um garoto aprendendo a lidar com seus poderes e entendendo o que é ser um herói.

O contexto do filme é muito melhor do que qualquer outro já feito, que somos despejados na vida (e nos problemas dela) do adolescente Peter, tendo que lidar com sua vida comum e ainda surtar para tentar impressionar Tony Stark e entrar para o Team Avengers. É muito engraçado vê-lo lidar com os problemas de rotina, inclusive. E garante a essencial original do aranha dos quadrinhos no cinema, já que o aranha foi criado para ser o herói mais jovem dentre os demais e isso fica muito claro para nós no filme.

Ponto negativo: Liz, o objeto de afeição de Peter. Como assim sem Mary Jane ou Gwen? Não curti!
Ponto Positivo: Atualização do vilão abutre para sua representação nos cinemas. Ficou muito bom! A inclusão de Happy nos filmes foi muito feliz e demasiadamente engraçada também! Achei o vilão respeitável.

Ao fim já fomos introduzidos ao novo vilão que podemos esperar e ainda de quebra tivemos a Melhor cena pós-créditos EVER! Capitão América Rules, people!



Como vocês viram no meu instagram (@blogbrunaconstantino) eu fui na pré-estréia com meus amigos e fui de Mary Jane Watson! 




Me inspirei nesse look da Mary Jane nos quadrinhos, muito copiado pelas fãs, para brincar um pouco e entrar no clima da estréia de Homem-Aranha. 
E ai? Ficou legal, galera?





Os meninos que arrasaram nos cosplays ne? Sigam eles no insta @sredjones, @fabiopugliese e @sobralmoises e acompanhem seus trabalhos! 

Um dia antes da estréia eu e o @thiagoalvessantana, que somos da equipe Multiverso Londrina estivemos na Quarta Nerd, um quadro do programa Trem das 11 da rádio 107,9 FM  para falar nossas expectativas sobre o filme para vocês.






Post Top Ad

Instagram @blogbrunaconstantino