Post Top Ad

julho 21, 2017

[review] Charada - Assistindo Clássicos

by , in
Oi seguilovers!

Como vão vocês? Hoje eu não acordei me sentindo muito bem. Me mediquei e acabei tendo um dia bem sonolento. Aproveitei o climinha frio para ficar em casa e ver um filme, já que não tinha condições de sair naquele estado.



A tempos eu desejo assistir o filme Charada. Sou apaixonada por Audrey Hepburn. Ela era tão graciosa e requintada! Então quero ver todos os filmes dela antes de morrer.
Então hoje eu escolhi assistir ao filme Charada, um filme de suspense, completamente diferente de outros filmes em que Hepburn participou.
Apesar de não ser considerado um thriler, o suspense é leve no filme, Charada te prende e te surpreende a todo instante. Há investigação criminal, intrigas, romance e uma dose maravilhosa de humor.

O filme é cativante e viciante, a declaração amorosa feita nele é famosíssima no cinema e icônica e Audrey continua linda, cativante e super fashion.

Ah, o desfecho? É incrível! Você não pode morrer sem ver Charada! Acredite.

beijão
julho 14, 2017

Outback presenteia crianças com o tradicional milkshake no mês das férias

by , in
Outback presenteia crianças com o tradicional milkshake no mês das férias
julho 06, 2017

O real significado da palavra "crush"

by , in
Eu realmente tentei simplesmente chegar em casa e ir dormir. Relaxar e deixar esse tema de lado. Sei lá.
Eu deveria estar escrevendo a review de Homem Aranha: de volta ao lar, mas quem disse que eu controlo meu cérebro ou o que irei escrever?



Então lá vamos nós.

Eu sempre acreditei que crush significava algo +- como um interesse em alguém/gostar de alguém/paixonite por alguém, etc, etc, etc.

E não deixa de ser tudo isso, mas também pode ser que não seja nada disso.

O termo crush é igual catapora. Não adianta você ler sobre os sintomas, você só realmente visualiza o que é, depois que você percebe que tem.

E agora eu acho que estou preparada para descrever o que é isso, já que tive um insight e me identifiquei com os sintomas, se é que vocês me entendem.

Ter um "crush", não significa que você tem sentimentos amorosos por alguém. Não, você não está apaixonada(o). Na verdade, você, de alguma forma se sente excepcionalmente atraído por alguém.

Ora Bruna, isso pode acontecer com tantas pessoas que conhecemos ao mesmo tempo. Isso significa que uma pessoa bonita que eu admirei na rua é meu "crush"?

Não exatamente, Seguilover. Sabe por que? Na minha teoria particular, o que diferencia uma pessoa que lhe chamou atenção, do seu "crush", é que o crush é irresistível pra você. Sabe quando você involuntariamente orbita em volta de alguém? Como se houvesse uma energia magnética, uma mão invisível que te leva até ela?

É diferente de você ver um rostinho bonito e julgar atraente, assim como é diferente de você se sentir apaixonado, de sentir o coração acelerar ao olhar para a pessoa amada, etc, etc, etc.

ter um "crush" por alguém é a ponte no meio do caminho entre os dois, sim, mas é mais que isso. Vai além disso. Porque não é algo que vai rolar com toda pessoa atraente que você conhecer melhor. É algo que ocorre ao acaso, quase de forma mágica. Pareço maluca falando assim? Talvez. Mas dividir com vocês minha teoria não fará mal algum.

Então, meus caros, ter um "crush, é sentir-se fisicamente e estranhamente atraído por alguém, de tal forma, que aquela pessoa se torna meio que avassaladoramente irresistível, sexy e seu interesse por ela, obviamente é inevitável.  É quase como receber a lendária flecha do cupido, mas sem a parte da paixão maluca. Está mais para um magnetismo. Aí eu te pergunto, será que nossas polaridades nos afetam?

Segundo a física, cargas de polaridades opostas se atraem. Será que apenas opostas? Será que isso rola com corpos? Fica aí o questionamento para quem quiser pesquisar mais a fundo e me contar.

Até minha próxima divagação!

Beijos
julho 05, 2017

[review] 1ª temporada de Izombie

by , in


E cá estou eu com mais uma review de uma série criada por uma das minhas emissoras queridinhas: CW



Izombie te apresenta a vida perfeita de Liv Moore...até que ela morre. E desmorre. 
E vira um zumbi! É isso, aí, aquele zumbi clássico, que é pálido, sem cor e que come cérebros, que nem os filmes de terror dos anos 70/80 nos mostrava. E eu adorei isso! 

Apesar de ser uma série sobrenatural, ela não é dark, carregada, sombria. É muito legal! É uma dramédia, com muito humor, cérebros, sangue, problemas amorosos e caras gatos! 

É, isso aí. A série é cheia de crushes, miga. 


Desde o ex noivo maravilhoso de Liv, Major, que é tipo, o protótipo de namorado ideal de todas as garotas, já que ele tem TODAS, isso mesmo, todas as caracteristicas que as garotas procuram nos caras. (Incluindo um perfil de protagonista gostosão de filmes do Nicholas Sparks).

ao próprio crush da Liv: Lowell - um zumbi astro do rock (lindão), gamado na protagonista.(melhor shipper ever!).


Você ainda precisa de mais motivos pra assistir? Ok, vou te dar! 

A série é baseada nas HQs publicadas pela Vertigo, da DC Comics. Tá, eles mudaram o nome da protagonista, da cidade e alguns acontecimentos, mas a base sólida daquele terror zumbi clássico está na série, assim como estava na HQ. Vale muito a pena! 





julho 04, 2017

[resenha] Uma noite com Audrey Hepburn

by , in


Seguilovers, o post de hoje é resenha!

E dessa vez é sobre um livro que eu queria ler a tempos! Uma noite com Audrey Hepburn.

Vocês sabem do meu amor por Audrey. Por muitos anos o blog chamou-se Bonequinha de Luxo em homenagem a ela e a tudo que ela representa: Classe, requinte, glamour, delicadeza, feminilidade...

E eu simplesmente adoro chick-lits! Esse, particularmente, era recomendado para quem gosta das obras da Sophie Kinsella. Bom, tem quem ame mais Sophie Kinsella, a criadora de Becky Bloom, do que eu, que me considero a própria versão live action da Becky?

Bom, desde o inicio, pareceu-me que eu deveria ler esse livro!
Além de tudo, eu amo o senso de humor inglês. Meus chick-lits favoritos todos envolvem protagonistas britânicas amalucadas.
E que leitura maravilhosa foi Uma noite com Audrey Hepburn!
No prólogo, conhecemos Libby em sua infância, sua família e de forma inusitada, aqueles que viriam a serem seus amigos e depois, caímos de pára-quedas em sua vida adulta e em sua sôfrega carreira de atriz. Em seguida nos deslumbramos com o maravilhoso ator Dillon O'hara, o cara mais sexy do planeta e que todas querem conquistas e morremos de rir com as situações malucas em que a personagem se mete e de amores com Olly, o melhor amigo fofo de Libby.

Confesso que Lucy Holliday me surpreendeu. Eu tinha certeza que havia matado a charada sobre o enredo do livro nos primeiros cinco minutos de leitura, parecia tão clichê! Mas não, ela conseguiu me surpreender com o desenrolar dos fatos e principalmente, com o final do primeiro livro.

Eu, sendo fã de carteirinha de Audrey Hepburn, me imaginei no lugar de Libby, vendo Audrey Hepburn em pessoa e tendo conversas aleatórias e malucas com a mesma, e, apesar de considerar os surtos emocionais da personagem, descontados na pobre Audrey, muito exagerados, confesso que senti meu coração ficar morno e até amolecido com a "despedida" de Audrey para Libby. (também quero um Manhattan!)

O fato de Libby dar uma guinada surpreendente na vida, com a ajuda e empurrõezinhos de sua mais nova "amiga" e acabar recebendo um convite memorável para um encontro com o astro de Hollywood que todas cobiçam fez com que eu me apegasse mais ainda a história. É isso aí, Libby! Mostre a eles como uma garota pode surpreender! Haha Afinal, que garota nunca sonhou em viver seu momento Cinderela, não é? (Libby, só você me entende! <3).

Mas confesso que ainda quero ver ela "acordar" no próximo livro e perceber que o grande amor já estava ali ao lado dela a muito tempo.. espero que ela veja isso a tempo!

No fim do livro, já recebemos uma provinha do próximo, onde Libby conhecerá, ninguém mais e ninguém menos do que Marilyn Monroe! Não sei se me sentirei tão mexida como no primeiro, já que a Audrey sempre será a dona do meu coração, mas Marilyn é épica, única e maravilhosa e mal posso esperar pela leitura, pois tenho certeza que será muito divertido!

Lucy Holliday me cativou como leitora, arrancou várias risadas minhas, me ensinou coisas sobre Audrey que eu ainda não sabia e de quebra ainda me deixou nostálgica!

Nota 5/5.
julho 03, 2017

[review] 5ª temporada de Orange is the new black

by , in
E eu maratonei a 5ª temporada de Orange is the new black!


Gente, confesso que os primeiros episódios me empolgaram, uma rebelião se instalou, mas depois... fica massante, mais e mais episódios sobre a mesma coisa.

Claro, você se irrita, mas está viciado. Não consegue parar de assistir. Precisa ver como vai terminar. E os últimos episódios compensam. Ficam emocionantes, eletrizantes, impactantes.

Nunca conhecemos tanto os guardas quanto agora! Isso é muito bom!
Piper e Alex continuam fofinhas! As drogadas continuam só fazendo besteiras irritantes, Red continua sendo uma mãezona e quem nos surpreende com seu senso de liderança é Taystee!
O-M-G vocês acreditam que, graças a posse dos celulares dos guardas pelas presas, e consequentemente, o seu acesso a internet, Flaca e Maritza viram youtubers? Ameeeeeeeeei as dicas de beleza, como o uso de canela como bronzer natural Hahaha.
A série continua com o mesmo formato de passado e presente, que tanto amamos!
O final? Pra variar, te deixa maluco, sem norte e sem ideia do que vai rolar a seguir.


Mal posso esperar pela próxima! E vocês? O que acharam dessa temporada?

julho 01, 2017

Meu resultado após 10 sessões de Lipocavitação e Heccus

by , in
E ai, seguilovers? Ansiosos pelo meu post sobre o resultado final?




Parece que foi ontem que eu iniciei meus procedimentos estéticos né? Mas não, foi em abril. Percorremos um longo caminho até aqui e graças a Deus atingimos um ótimo resultado.

Fotografamos como eu estava antes do inicio da última sessão.





Demos inicio ao procedimento com o aparelho.








Depois iniciamos a massagem modeladora!




















E finalizamos!


Hora de iniciar o Heccus!

























Quando finalizamos, fomos contabilizar nossos resultados




E tirar minhas medidas! 




E ficamos muito felizes porque eu perdi:

5cm na parte superior do abdomen
8,5cm no meio do abdomen
10cm na parte inferior do abdomen! 

Gente, ao todo eu perdi 23,5cm em 10 sessões de lipocavitação! Que máximo né?

E vocês viram como meu bumbum e pernas melhoraram no aspecto? Adeus celulite e gordura localizada depois das 10 sessões de Heccus!



Eu amei e quero continuar meu tratamento na Corpus Life. A diferença foi gritante ne? Valeu muito a pena!

Vamos comparar as diferenças com a 1ª sessão?





Deu muita diferença, não deu? Estou outra!

Para quem não viu meu post anterior, a Corpus Life fica na rua Piauí, no centro de Londrina, no condominio São Paulo Towers, no 16º andar. Telefone para contato é 99620-4696.

Em breve volto para dar mais dicas sobre perca de medidas e vida saudável pra vocês.
Beijão

Post Top Ad

Instagram @blogbrunaconstantino